Thursday, 14 June 2007

MC5



A few vídeos from the MC5, a reference for a lot of people, especially people who talk of the beginnings of the Hard Rock or even Metal. Back to Comm lasts around ten minutes only, the presenter was not believing his eyes. Their live shows were mind blowing as you can see on the two live videos. Mind blowing was their career too which didn’t last long, political differences as it seems. Maybe excess of speed.

Back to comm


Rambling rose


Looking at you (live)


Uns vídeos dos MC5, referência de muita gente, especialmente de gente que fala dos primórdios do Hard Rock ou do metal. O do “Back to Comm” dura cerca de dez minutos apenas, o apresentador nem acreditava. As actuações eram de arrasar como o atestam os dois vídeos ao vivo. De arrasar também foi a carreira deles que não durou muito, divergências políticas ao que parece. Excesso de velocidade talvez.

4 comments:

doesthismakesense said...

primórdios do hard rock salvo seja
então e os yardbirds e os cream e os black sabbath e os led zeppelin e os deep purple se calhar o principio do punk
Aliás há até uma frase famosa do zappa que dizia que o punk não passava de hard rock mal tocado
olha pronto
1 grnd abraço
manueleite

asianuxx@gmail.com said...

O que eu escrevi foi que muita gente do heavy metal, se refere ao MC5 como referência. Não disse que eram os primórdios de coisa alguma, porque como o provou Pasteur, não existe geração espontânea.
O Frank Zappa ao dizer que o punk não passa de hard rock mal tocado, passa por uma inteligência doutro mundo. E se o punk fosse bem tocado, o que teria sido? Nossa Senhora nem quero imaginar.
Tanto o punk como o Frank Zappa, o hard rock, o shit rock e toda a porcaria que vem por ascréscimo, estão mortos e enterrados. Talvez pelo assunto ser tão ridículo e efémero, como todos nós aliás.
Quem foi o primeiro afinal?
Só vendo na grande enciclopédia universal do Rock.
Talvez o Frank Zappa, que deve estar à direita do nosso Senhor.
Beijinhos.
O teu amigo Jorge.

doesthismakesense said...

Ora vês?
Assim é que se fala.
E viva o FZ
grnd abraço
manueleite

asianuxx@gmail.com said...

Espero não ter sido muito rude, é que ando um pouco stressado. E tanto os rebeldes sem causas como as causas perdidas não são o meu forte.
Jorgem.